MENU
Back To Top
ModaDoDia: Jaqueta + Cropped

24756711086_d6e127d217_o

Oi minha gente linda! Mais um look do encontro UBB lá no Shopping Bela Vista (com meu cabelo antigo hehe). Ignorem o fato de meu cabelo estar ridículo, além do tempo chuvoso ter deixado ele bizarro, já não tava gostando dele assim e acabei fazendo cronograma e descolorindo mais, voltando pra cor que meu coração sempre bateu mais forte ~ azul sereia ~ haha e inclusive, agora tenho mais propriedade de falar sobre cabelos descoloridos e tô pensando em voltar com a série #ManualDaColorida, o que acham? Se quiserem muito e tiverem dúvidas, podem deixar aqui nos comentários, nas minhas redes sociais ou por email: contato@ericakolbe.com 😉

Mas vamos ao que interessa: o look. Tô amando essa vibe minimalista p&b, acho que vocês já perceberam né? Haha, nesse look quis dar um toque mais sexy e coloquei esse cropped MARAVILHOSO de couro com a sainha de poá, o tênis de cano alto e a jaqueta pra quebrar e cobrir as banhas kkkk mas ninguém precisa saber disso (shiu).
Espero que vocês gostem! Então vamos as fotos:

 

24690087561_cd855e5fd4_o24757149836_14666fd386_o24487478640_f22553db06_o24155998763_95151feccc_o 24487876230_87100bb6f0_o 24415811519_1b6d31f3a2_o2 24156637453_d64b12efba_o24689415611_e8862ce05a_o

Chocker: Galeria do Rock / Cropped: Forever 21 / Saia: Marisa / Jaqueta: Brechó em SP / Tênis: Vans

Fotos: Camila Damásio

Publicado por Érica Kolbe Tags: , , , , , , , ,
10 pontos negativos sobre morar sozinho

Quando eu tinha 17 anos prestei vestibular para São Paulo capital e Campinas (interior de São Paulo) e passei em ambos. Resolvi então encarar morar sozinha com apenas 17 anos longe de meu namorado, amigos e família. Optei pelo interior achando que seria tranquilo e me viraria, mas não foi bem assim… Todo adolescente sonha com o grande dia em que irá ter seu próprio canto e que morar sozinho será a melhor coisa de sua vida. Claro que como tudo na vida, tem seu lado positivo. Mas no meu caso, os negativos foram os que mais pesaram. Vamos conferir 10 coisas negativas que aprendi morando sozinha?

 

  1. Você vai dar muito mais valor a sua família, principalmente seus pais
    Pagar aluguel, conta de luz, água, mercado. É muita coisa! Todo mês você rala para conseguir seu dinheiro próprio e de repente vê ele indo todinho em contas a pagar. Imagina quanta coisa eu ia poder comprar e fazer com esse dinheiro? Além de pagar as coisas para mim, meus pais fazem tanta falta. Mas eu quis morar sozinha… Acredite em mim, nossos pais fazem MUITA falta.
  2.  A geladeira não enche sozinha
    Uma das coisas que mais me dava trabalho e que eu mais odiava fazer era o mercado. Eu não tinha carro (nem idade para ter carteira), então tinha que voltar cheia de sacola no ônibus e depois fazer várias viagens para conseguir levar tudo la pro apê sozinha
  3. O lixo e a sujeira não vão sumir, muito menos diminuir
    A quantidade de lixo e sujeira que produzimos é incrivelmente imensa! E quando moramos sozinhos, temos preguiça de fazer tudo e procrastinamos… O lixo vai acumulando, a sujeira vai te dando alergia, quando você tiver cozinhando vai se dar conta que toda louça tá suja na pia e por aí vai. Então, não procrastine. Você vai ter que fazer isso mais cedo ou mais tarde.
  4. Cozinhar pode ser legal (e mais barato)
    Por favor, não vivam de miojo e congelados. Eu engordei muito na época que fiz isso, gastei muito dinheiro, fiquei mais deprê, além de ter feito mal à minha saúde. Existem receitas que cabem no nosso bolso, espaço e gosto! Você pode tirar um dia para fazer várias coisas e deixar pronto para a semana inteirinha.
  5. Poeira brota
    É incrível a quantidade de poeira que “brota” diariamente. E no meu caso, cabelo no chão também. Quando você achava que tinha feito AQUELA FAXINA que levaria um mês para fazer novamente, a poeira aparece para dizer: solamentos, mas não.
  6. Tudo pode dar errado
    O micro-ondas vai pifar, a lâmpada vai queimar, uma barata vai aparecer e você não vai ter a quem recorrer (a não ser que divida o apê com alguém ou chame o vizinho magia rs). Você vai ter que ter MUITA paciência e aprender a se virar, afinal, não era você que queria morar sozinho e ser independente?
  7. A vida é dura
    As vezes, quando a gente é adolescente, vivemos num mundo mágico e encantado de fantasia. Achamos que tudo é fácil e que quando você faz tudo certo, tudo dará certo. Mas nem sempre é assim, e quando você mora sozinho isso logo fica claro.
  8. Você não vai querer fazer festas
    Você acha que a melhor parte de morar sozinho vai ser poder fazer várias festas mas, depois da primeira você vai desistir de fazer de novo quando vir a sujeira e prejuízo que ficou para você. Festa boa é na casa dos outros.
  9. Menos é mais
    Você passa a querer ter a menor quantidade de coisas: roupas, itens de decoração, louça, tudo! Quanto mais coisa você tem, mais trabalho terá também.
  10. Você vai se sentir a Escrava Isaura
    Você achava um saco quando sua mãe vivia reclamando, pedindo pra você arrumar o quarto, ajudar a lavar a louça e roupa, limpar a casa, tirar o lixo, fazer mercado… Aí você vai morar sozinha e percebe que sua mãe é uma santa por ter feito tudo isso por tanto tempo e ainda ter te educado e aturado. Fazer isso tudo sozinho não é para qualquer um!

 

Se você mora/morou sozinha(o), conte aqui nos comentários alguma experiência que teve e qual parte foi mais difícil para você. Se quer morar, espero não ter te traumatizado haha, vou fazer o post de 10 coisas boas sobre morar sozinho também, combinado? Então tá. Beijos!

Publicado por Érica Kolbe Tags: , , , ,
ModaDoDia: Ciganinha

IMG_6968

 

Oioi!! Como estão vocês? As fotos de hoje ficaram super lindas porque achei essa parede azul de tijolinhos que combinou com o brinco e o cadarço do tênis! Muito amor né? O look que eu escolhi foi para um evento de Design que aconteceu no sábado lá na Unifacs, exibindo alguns portfólios no Behance. E como sempre, aproveitei e fiz aquelas fotos do jeito que a gente gosta.

Mas falando sobre o look… Essa blusa ciganinha é meu xodó há muito tempo! Comprei ela quando morava em Campinas, num super bazar da Marcolina, que logo conquistou meu coração. A marca tem insta, loja virtual, canal no youtube… Tem umas peças bem diferentes e no preço. Mas voltando, como a blusa é bem fininha ela não faz calor, além dos ombros serem abertos. Para complementar, coloquei essa sainha básica mas super linda e quebrando um pouco, o tênis e a mochila, que são mais despojados. O brinquinho tem um estilo mais retrô e vintage, que eu amo também! Enfim, um mix de tudo que eu adoro. Espero que gostem também (:

 

IMG_6963IMG_6961 IMG_6967 IMG_6974 IMG_6982 IMG_6992 IMG_6994

Brinco: Feirinha Hippie / Mochila: Via Mia / Blusa: Marcolina / Saia: Zara / Tênis: Vans

Fotos: Igor Vieira

Publicado por Érica Kolbe Tags: , , , , ,
Dia internacional da mulher

12162088_10206067059859130_369643219_o

 

Há algum tempo atrás quando rolou o movimento #MeuAmigoSecreto eu postei o seguinte texto no meu facebook pessoal:

“Eu to achando tão lindo isso tudo… Essas mulheres (e homens) abraçando a causa…, mas não venho aqui por vocês, venho aqui pelos outros, que riram, acharam que tava enchendo o feed deles de porcaria ou besteira. Vocês: Sim, houveram muitas pessoas que utilizaram a tag de forma equívoca, mas a maioria em si, não. E queria dizer a vocês, que tenho pena, mas muita pena, se você não se sensibiliza ou no mínimo entende como nos sentimos. Eu me sinto um pedaço de carne, um produto, um manequim. Eu já usei roupas feias e me desarrumei para andar a pé e não ser assediada. Há exatos 2 dias desci de um ônibus chorando de raiva, porque eu não nasci nem fiz nada para ser tratada assim, não. Queria que vocês refletissem e fossem um pouco humanos, pensem em suas mães, irmãs, filhas, namoradas, pensem nelas sendo assediadas, abusadas, usadas, forçadas. Você realmente não sabe o que é o funcionário do prédio que você sempre gostou, passar a mão em você quando você só tem 4 anos (sim, 4 anos) e não entende o que está acontecendo, só sente uma angústia e impotência. Você não sabe o que é se sentir assim impotente e usada. Desde meus 4 anos eu tenho medo. Eu tive medo de sair, de fazer amizades, de me relacionar. Eu tive medo de ir na piscina do prédio porque ficavam me olhando, tive medo de andar na pracinha em frente à minha casa, eu me privei. Uma “brincadeirinha” pra você, pode não ser nada demais, mas para alguém como eu, pode ser a gota d’água, o motivo de algumas sessões de terapia, muitos traumas ou até suicídio. #MeuAmigoSecreto está servindo, não só para abrirmos os olhos de muita gente para como nos sentimos, mas para podermos desabafar. Será que é certo eu falar para alguém que com apenas 4 ANOS o funcionário do prédio abriu meu short e passou a mão SUJA dele em mim? Não sei, não me importo com o que você acha certo, não ligo, mas no momento em que você abre sua boca para falar algo para mim ou para qualquer um, eu me importo sim. E me importo muito. E acho que não sou a única. Assédio não é elogio, É CRIME.

Reflitam, pensem, repensem e sensibilizem-se. E que a próxima geração não tenha que sofrer do que sofri (emocional e fisicamente). Juntas somos mais fortes. Vamos explodir o facebook de #MeusAmigosSecretos!”

E nesse dia tão importante (que aliás, não devemos ser homenageadas nem ir à luta somente no dia de hoje, mas sim TODOS OS DIAS), eu quis compartilhar um pouco do que passei e senti, do que o feminismo me propôs e como crescemos e nos fortalecemos juntas cada dia mais. Estamos quase lá, mas como Pitty disse: “quase lá não é lá”. Vista essa causa, desabafe, grite, bote pra fora e NÃO aceite esse tipo de atitude. Assédio, abuso, agressão, são atitudes INACEITÁVEIS e a vítima NÃO PODE NEM DEVE SER CULPADA. VÍTIMA é VÍTIMA. Se você presenciou ou sofreu algum episódio de assédio se mobilize. Em casos de abuso ou agressão, DENUNCIE. Procure a DDMs (Delegacia de Defesa às Mulheres) mais próxima. Juntas somos mais fortes e não podemos nos calar. Merecemos poder ser vista como ser humano, capaz, igual, com direito de escolha ao aborto e a muitas outras coisas, seja homo ou hetero, branca ou negra, menina ou mulher.

Feliz Dia Internacional da Mulher, um ser forte e que vai à luta por seus direitos diariamente.

Publicado por Érica Kolbe Tags: , , , , , , ,
Lugares para comer saudável

12776872_10206060268129341_1453096910_o

No último #DramasDoIntolerante, falamos sobre o que é o vegetarianismo, tipos, o porquê de ser e todas as suas qualidades.

Para quem está começando, assim como em qualquer dieta, é preciso ir devagar. Um corte drástico na alimentação pode fazer com que haja desistência, trauma ou até anemia como foi o meu caso. Nosso corpo e nossa mente precisam se acostumar a nossas ideias. É interessante ir reduzindo o consumo por um dia da semana específico e depois ir aumentando gradativamente além de pesquisar, usar aplicativos que ajudam no monitoramento ou ter acompanhamento de um nutricionista. Hoje em dia temos várias lojas vegetarianas que estão começando a crescer rapidamente, trazendo muitas opções de refeições. Hoje trouxe dicas de 20 opções de restaurantes que temos aqui em Salvador:

 

  1. A Saúde na Panela – Pituba
  2. Brisa – Pituba
  3. Gergelim – Pituba
  4. Raízes – Salvador Shopping, Tancredo Neves e Shopping da Bahia
  5. Manjericão – Rio Vermelho
  6. Grão de Arroz – Pituba
  7. Alecrim – Salvador Shopping
  8. Ramma – Barra
  9. Saúde Brasil – Graça
  10. Rango Vegan – Pelourinho
  11. Berinjela Grill – Tancredo Neves e Centro
  12. Brisa – Pituba
  13. Nutrie – Brotas
  14. Health Valley – Piedade
  15. Empório Natural – Pituba
  16. Mariposa – Itaigara, Salvador Shopping, Iguatemi, Barra, Paralela e Apipema
  17. Mixirica – Barra e Caminho das Árvores
  18. Marietta (agora se chama Julietta) – Iguatemi e Salvador Shopping
  19. Mister Salad – Caminho das Árvores e Itaigara
  20. Vida e Saúde – Comércio

 

Espero que tenham gostado das dicas e até o próximo #DramasDoIntolerante com muitas dicas sobre vegetarianismo, alimentação saudável, intolerância a lactose e glúten.

Publicado por Érica Kolbe Tags: , , , , , , , ,
Página 3 de 1312345...10...Última »