MENU
Back To Top
Tudo sobre meu cabelo colorido

IMG_7432

Hoje eu vou falar da minha experiência com a descoloração, quais produtos usei e como fiz, mas quero deixar logo muito claro que não estou indicando que você copie o que eu fiz e faça em casa sozinha. Cada cabelo é um cabelo, e você tem que conhece-lo e sentir o que ele pede e aguenta. O ideal é você procurar um profissional e pedir ajuda, mas como conheço meu cabelo muito bem e li muito sobre (além de ter amigas que já tinham muita experiência com descoloração), deu tudo certo – mas mesmo assim podia dar errado né? Então só vou explicar o que fiz e como porque muita gente pergunta, mas não indico que sigam, ok? Principalmente se você já tiver alguma química no seu cabelo. Mas então vamos lá. Meu cabelo é escuro, naturalmente liso, volumoso, com um fio bem grosso e resistente. Ou seja, um fio ideal para descoloração, já que a descoloração afina o fio e deixa o cabelo bem sensível e fraco, correndo o risco de corte químico, ou até a queda do cabelo. Mas devido a cor escura, eu preciso usar produtos bem eficientes para atingir um tom de loiro platinado, para que a cor que eu desejo pegue bem, fique fiel a da caixinha e bem viva.

O que você vai precisar para descolorir o cabelo: 
1. Pó descolorante + Água oxigenada
2. Recipiente para misturá-las
3. Medidor
4. Pincel de cabelo
5. Luvas
6. Prendedores
7. Uma capa ou roupa velha pra não se sujar

 

IMG_2518

 

  • A descoloração:
    A quantidade do pó descolorante e água oxigenada no recipiente dependerá do quanto você precisa, normalmente a proporção é de 1:2 (1 medidor de descolorante para 2 de água oxigenada), mas sempre tem explicando no modo de uso do produto e pode variar, então é importante ler antes. Depois que você faz a mistura, até ficar homogênea e consistente, você pode aplicar com cuidado no cabelo, sempre prestando atenção no tempo! Dependendo da eficiência da sua mistura, pode ser que você precise ficar mais ou menos tempo, e talvez fazer mais de uma descoloração (o que não é o ideal). No meu caso, uma vez bastou e eu fiquei por volta de 45 min com a mistura no cabelo para chegar num tom platinado! Depois lavei BEM, passei shampoo e a tinta escolhida durante 30 min para fixar a cor. O volume da água oxigenada também varia de acordo com a tonalidade do seu fio e a cor desejada, no meu caso, usei a de 40, já que meu cabelo é bem escuro e queria atingir um tom platinado para a cor ficar fiel a da caixa.

 

IMG_2521

  • Produtos que usei e recomendo:
    1. Pó descolorante Premium 9+ de 450g Blondme da Schwarzkopf (custou 135,00 reais na Bel Salvador)
    2. Água oxigenada – o famoso OX – 12%, 40 volumes de 1 litro Igora Royal da Schwarzkopf (custou 49,90 na Bel Salvador)
    3. Tintas Crazy Creative Colors da Alfaparf  120 g – Cor: Ice blue e Ice green (custam 25,90 cada na Bel Salvador e vem com um par de luvas)

 

IMG_2525

 

Mas olha, essa tinta que eu uso ela não sai fácil, estou com ela há quase 3 meses e ela desbotou um pouco mas continua firme e forte sem retocar, ou seja, é uma tinta semi-permanente. Se você quer simplesmente testar uma cor ou trocar toda semana, opte por tonalizantes. Por fim, também indico as marcas de descolorante e oxigenada como Alfaparf, Loreal e Amend. Lembrando que o mesmo produto que eu usei pode ter um efeito diferente no seu cabelo e podem não ter o mesmo resultado. É importante também que você reconstrua o cabelo logo após o processo para ajudar o cabelo a se recuperar, através de um Cronograma Capilar. Então é isso, acho que resumi e expliquei direitinho todas as dúvidas de vocês. Qualquer dúvida deixem nos comentários, beijos!

Publicado por Érica Kolbe Tags: , , , , , , , , , ,
ManualDaColorida: Um guia para iniciantes (Ruivas)

ruivo

Desde quando comecei a querer ficar ruiva venho notando o quão trabalhoso é chegar no tom que queremos, ora pela base do nosso próprio cabelo, químicas anteriores (tinturas, alisamentos, selagem), ou até pelo desbote super rápido de alguns tons. Quando comecei nesta saga conhecida e vivida por muitas meninas tenho notado que com o passar do tempo nos tornamos mais “experts” tanto em colorimétria como em cuidar do nosso cabelo (já que um cabelo tingido exige mais cuidados, principalmente com o desbote da cor). Hoje vou mostrar para vocês um pouco sobre numerações e porque não conseguimos logo de cara a cor que escolhemos. A partir do momento que você compreende que a cor da caixinha da tinta não é exatamente a cor que seu cabelo vai ficar com a aplicação é quando começa a perceber que é mais seguro escolher pela numeração. As tintas tanto profissionais ou as comuns que encontramos nos supermercados da vida tem sua numeração e muitas vezes vamos pelo nome ou cor da caixinha, falo por mim que muitas vezes fiz isto, e esquece de olhar a numeração. É algo bem simples:

  • 1: Tom base
    O primeiro número que vem na caixinha começa do o 1 que corresponde ao preto, é a cor mais escura e assim podemos notar que conforme o número aumenta a tinta fica cada vez mais clara. Os mais utilizados para ruivos são a partir do 7 que é o loiro médio até o 9 que é o loiro claríssimo.
  • 2: Reflexo
    O número que vem, muitas vezes, depois de um ponto ou virgula é o reflexo que vai ter sobre a base, esta cor é a que mais costuma desbotar. Quando este número vem repetido é porque o reflexo é intenso. Este pode variar de marca para marca, então é importante ler o nome na caixinha para ter certeza que é o reflexo desejado. Um exemplo disto é que a maioria das marcas o pigmento cobre é o 4 e na Igora é o 7. Não é simples?

Agora vem aquela dúvida: Porque eu não consigo a cor que quero logo de primeira mesmo sabendo isto? Uma coisa que devemos sempre lembrar é que não é porque vamos usar uma tinta de base 8 que o cabelo vai ficar necessariamente na altura de um 8. Isso acontece porque existem muitos tipos de cabelo, um fio fino vai abrir bem mais fácil que um grosso, um cabelo com base natural clara vai abrir bem mais fácil que um de base natural escura. Outros fatores que complicam bastante são químicas e resíduos de tintas nos fios, existem químicas que dificultam a abertura da cutícula do cabelo e por esta razão não abre tão fácil e quando se tem resíduos de tintas e tonalizantes o excesso de pigmentos dificulta também.

Então, esse foi o #ManualDaColorida de hoje. Espero que tenha ajudado!

Publicado por Suelen Gonçalves Tags: , , , , , , , , ,